Paysandu Sport Club 
HOMENOTÍCIAS Série B 2013 Paysandu fica no empate contra o América-RN
31 de Maio de 2013

Paysandu fica no empate contra o América-RN

O Paysandu empatou contra a equipe do América-RN pelo placar de 1 a 1, em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O jogo foi realizado no Estádio Arena Verde, em Paragominas. Os gols foram marcados por Yago Pikachu, pelo Paysandu, e Cascata, pelo América-RN. O próximo jogo do Paysandu na Série B será na próxima terça-feira (04), contra o Paraná, no Mangueirão.

1º TEMPO

A partida começou de forma equilibrada, com as duas equipes buscando chegar ao ataque, mas sempre esbarrando nos setores defensivos. Mas aos dois minutos, o América teve a primeira chance de fazer o gol com Fabinho, aproveitando o cruzamento feito pela esquerda. O goleiro Zé Carlos se esticou para fazer a defesa e salvar o Paysandu de sofrer o primeiro gol da partida. Foi a primeira chance clara de gol, em menos de cinco minutos de partida disputada.

O Paysandu respondia com perigo no ataque, fazendo suas jogadas pelas laterais, aproveitando a velocidade de Yago Pikachu, que lançava as bolas em direção aos alas para fazer os cruzamentos. E aos oito minutos, o Paysandu quase abriu o marcador com Yago Pikachu, que cruzou a bola forte pela direita, onde o zagueiro Zé Antônio afastou a bola quase fazendo um gol contra. A pressão continuava, e aos 10, João Neto recebeu bola cruzada pela direita e cabeceou forte para o gol, mas o arqueiro Rodrigão estava atento no lance e fez a defesa.

 

Aos 11, foi a vez de Rafael Oliveira tentar abrir o marcador, recebendo bom lançamento de Alex Gaibú, mas o chute do atacante não saiu como esperado e a bola acabou nas mãos do goleiro do América. Aos 14, Billy fez boa jogada e cruzou para a área, na direção de Rafael Oliveira, que não conseguiu alcançar a bola para o cabeceio. Aos 17, João Neto sofreu falta pela direita, próximo a grande área, e na cobrança, Alex Gaibú cobrou consciente e o goleiro teve trabalho para defender, mas em seguida, aos 18, Yago Pikachu acertou um belo chute e de fora da área, acertou o ângulo do goleiro Rodrigão, abrindo o marcador no estádio Arena Verde: 1 a 0 Paysandu.

A pressão bicolor continuava, não dando espaço para a equipe do América, que tentava sair jogando com a bola nos pés, mas a marcação firme e segura da equipe bicolor impedia os ataques da equipe adversária. As únicas oportunidades vindas da equipe do Rio Grande do Norte vinham pelas laterais, mas as chances não eram convertidas com eficiência pela equipe. O técnico Roberto Fernandes não esperou o final do primeiro tempo e realizou a primeira mudança da equipe, na saída de Pedro Henrique, que deu lugar ao jogador Vaninho.

A partida andava até então fria, sem fortes emoções ao torcedor que estava no Estádio Arena Verde, mas ela esquentou aos 35, na chance desperdiçada do atacante Junior Negão, que ficou de frente para marcar o gol de empate do América, mas acabou desperdiçando a oportunidade, chutando a bola para fora. Aos 40, Junior Negão tentou novamente o gol, arriscando o chute de fora da área, onde a bola acabou explodindo na trave do canto direito do goleiro Zé Carlos, quase marcando o gol de empate. Enquanto o América lutava para tentar fazer o gol de empate, e foi o que conseguiu aos 46, através do atacante Cascata, chutando forte de fora da área no canto esquerdo do goleiro Zé Carlos. Foi a última finalização da partida, que terminou com a primeira etapa empatada pelo placar de 1 a 1.

2º TEMPO

A segunda etapa começou movimentada em todos os sentidos, inclusive com alterações do lado bicolor, na entrada de Djalma, no lugar de Alex Gaibú. A primeira oportunidade veio aos quatro minutos com Yago Pikachu, mas na hora de fintar o zagueiro, acabou perdendo o tempo da bola e a oportunidade. A resposta do América-RN veio de forma perigosa com Junior Negão, que ganhou a disputa de bola com o goleiro Zé Carlos fora da área e quase marcou o gol de desempate da partida.

Aos nove minutos, o América por mais uma vez quase marcou o gol de desempate, na falta cobrada pela direita por Vaninho, onde a bola acabou sendo rifada na pequena área e quase surpreende o goleiro Zé Carlos. O América de Natal começou a gostar da partida e a pressionar o Paysandu, que não se abate, e se defende de forma forte, não deixando o adversário criar as suas jogadas.

Após os dez minutos iniciais, o Paysandu tomava conta da partida, principalmente pelas laterais, onde conseguia ganhar alguns escanteios e levar mais perigo ao gol adversário. O Papão vinha novamente com perigo ao ataque aos 17 com João Neto, aproveitando cruzamento feito pela esquerda, mas não conseguiu converter a oportunidade de gol ao Paysandu. Aos 18, O técnico Lecheva fez a sua segunda alteração na partida, na saída de Rafael Oliveira, que deu lugar ao atacante Careca.

Aos 19, o Paysandu era salvo mais uma vez por Zé Carlos, que defendeu uma cabeçada perigosa feita pelo ataque americano na grande área. Aos 23, o técnico Lecheva fez a sua terceira alteração na partida, colocando o atacante Bruno, no lugar de Billy. Era a tentativa de colocar o Paysandu mais ofensivo no jogo, em busca da vitória. O técnico Roberto Fernandes fez a sua segunda alteração na partida, aos 27,colocando Alex no lugar de Norberto. Neste momento, as equipes fortaleciam os seus setores ofensivos, em busca do gol de desempate.

Aos 29, o árbitro Avelar Rodrigo da Silva marcou falta para o América-RN, em posição perigosa para a defensiva bicolor, mas a oportunidade não foi convertida pela equipe potiguar. Aos 31, o América fica com menos um em campo, na expulsão do jogador Vaninho, que fez falta em cima de Yago Pikachu. O técnico Roberto Fernandes fez a sua terceira alteração aos 33, na saída de Cascata, que deu lugar ao jogador Arnaldo.

O Paysandu chegou novamente ao ataque aos 36 com Careca, que recebeu bola cruzada de Yago Pikachu. O atacante chutou forte para o gl, mas a zaga conseguiu impedir o gol bicolor. Em seguida, Eduardo Ramos arriscou o chute pela diagonal esquerda, a bola foi desviada pela zaga e acabou batendo na trave. Aos 41, aconteceu a chance mais clara de gol do América de Natal, na cabeçada de Alex, que se antecipou a frente do goleiro Zé Carlos na disputa de bola. A cabeçada passou próximo do canto esquerdo do gol do Paysandu.

Aos 43, Djalma recebeu bola após boa troca de passes iniciada pelo setor defensivo, mas o chute acabou indo pela linha de fundo. O Paysandu pressionava o América no final da partida, querendo fazer o gol de desempate, o que não ocorreu. A partida foi finalizada pelo árbitro, pelo placar de 1 a 1.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU: Zé Carlos, Yago Pikachu, Raul, Diego Bispo e Billy (Bruno); Janilson, Alex Gaibú (Djalma), Zé Antônio e Rafael Oliveira (Careca); Eduardo Ramos (c) e João Neto. TÉCNICO: Lecheva.

AMÉRICA-RN: Rodrigão, Norberto (Alex) , Zé Antônio, Edvando e Ricardo Baiano; Pedro Henrique (Vaninho), Fabinho, Marcio Passos (c) e Junior Negão; Cascata (Arnaldo) e Daniel Rezende. TÉCNICO: Roberto Fernandes.

CARTÕES AMARELOS:

PAYSANDU: Rafael Oliveira, Djalma e Careca

AMÉRICA-RN: Norberto e Vaninho (2)

CARTÕES VERMELHOS:

AMÉRICA-RN: Vaninho

Texto: Ronaldo Santos / Edição: Pam Sames
Imagem: Fernando Torres
















  • Compartilhe
    o site do Papão

  • Siga no Twitter

    @Paysandu
PATROCINADORES

Alubar Unimed Belém Banpará Bet Warrior Vegan Nation Drogarias Globo Draft Super Zero Mirella - Farinha de Trigo Trigolino Sky