Paysandu Sport Club 
HOMENOTÍCIAS Institucional Há 48 anos, Paysandu escrevia na história (...)
18 de Julho de 2013

Há 48 anos, Paysandu escrevia na história a grande vitória sobre o Peñarol

Há 48 anos, o Paysandu havia conquistado um dos seus maiores feitos dentro de 99 anos de história, a vitória sobre o Peñarol. A equipe que na época era considerada uma das melhores do mundo, por ter conquistado dois títulos da Libertadores da América, um Mundial interclubes e dois títulos nacionais, além da equipe ser a base da Seleção Uruguaia.

A equipe uruguaia fazia na época uma intertemporada no Brasil, e já somava 15 partidas invictas contra as equipes brasileiras. Vencendo até a equipe do Santos de Pelé. E em um domingo de sol forte na capital paraense ocorreu o jogo que entraria para a história do futebol paraense e nacional, a vitória maiúscula do Paysandu pelo placar de 3 a 0.

Para relembrar esta data, os ex atletas do Paysandu e participante do jogo histórico, Beto  e Quarenta, reuniram-se no espaço interno da Curuzu com a presença de vários convidados para relembrar o feito histórico do Papão. O evento contou também com a presença do Meia Alex Gaibú e de Pires Cavalcante, criador da marchinha “uma listra branca, outra listra azul, essas são as cores do Papão da Curuzu”.

O JOGO

O clima ensolarado da tarde daquele 18 de Julho fez com que a equipe uruguaia não se adaptasse ao jogo, e o Paysandu aproveitou-se disso logo no começo da partida. Aos 19 minutos, o ala Ércio recebeu bom lançamento de Carlinhos e avançou em profundidade e na entrada da área chutou forte, sem chances de defesa para o arqueiro do Peñarol. Depois, aos 42 minutos, Pau Preto puxou o contra golpe em favor do Papão e tocou para Milton Dias ampliar o marcador.

Na segunda etapa, aos 23 minutos, o lateral Vila lançou para Pau Preto, que tirou o goleiro do lance e marcou o terceiro gol da partida, dando números finais ao jogo, com a grande vitória do Paysandu por 3 a 0 sobre o Peñarol.

ESCALAÇÃO:

PAYSANDU: Oliveira, Beto, Jota Alves, Abel, Castilho e Carlinhos (em pé). Quarentinha, Pau Preto, Édson Piola, Milton Dias e Ércio (agachados). TÉCNICO: Juan Álvares.

PEÑAROL: Caetano, Mazurkiewicz, Goncalvez, Nelson Díaz, Forlán, Máspoli (em pé). Abbadie, Rocha, Spencer, Cortéz, Joya (agachados). TÉCNICO: Roque Máspoli.

Texto: Ronaldo Santos / Edição: Pam Sames
Imagem: Divulgação / Tadeu Verderosa














  • Compartilhe
    o site do Papão

  • Siga no Twitter

    @Paysandu
PATROCINADORES

Alubar Unimed Belém Banpará Bet Warrior Vegan Nation Drogarias Globo Draft Super Zero Mirella - Farinha de Trigo Trigolino Sky