Paysandu Sport Club 
HOMENOTÍCIAS Futebol Paysandu de São José dos Campos: um time (...)
07 de Junho de 2017

Paysandu de São José dos Campos: um time que se inspira na história do maior do Norte

Rica em títulos, conquistas, partidas marcantes e grandes ídolos ao longo dos seus 103 anos de existência, a vitoriosa história do Paysandu Sport Club é apaixonante e encantadora. Além de contagiar a sua fiel torcida em todas as modalidades esportivas, o clube também é capaz de ganhar admiradores em outras regiões fora do Norte do Brasil, como no interior do estado de São Paulo. Lá, um grupo de peladeiros decidiu se unir, há 12 anos, para fundar o Paysandu de São José dos Campos, um time de futebol amador que encontrou no Papão da Curuzu a sua maior fonte de inspiração.

Criado em 2005 pelo atual presidente José Conceição, o Paysandu de São Paulo não possui nenhum paraense em seu grupo de jogadores e diretores. O time inteiro é formado por pessoas que, de longe, apreciam a trajetória centenária bicolor. “A gente não precisava da força dos times do Sudeste, a gente precisava da inspiração do maior do Norte. Para se admirar um time não existe fronteira”, conta Weverson Vieira de Sousa, que comanda uma torcida organizada da equipe e também atua na diretoria.

SIMPLICIDADE

A exemplo do Papão do Pará, a equipe de São José dos Campos também preserva sua origem humilde. No começo, os jogadores não possuíam sequer uma bola para treinar, tampouco uniforme. Porém, com o passar dos anos, houve uma evolução fora e dentro de campo. “A inspiração que procurávamos nós encontramos no Paysandu, um time que começou humilde, assim como nós. Um time da Amazônia onde se negavam a olhar. Um time que ninguém colocava fé e foi conquistando seu espaço até se tornar o poderoso Paysandu. O time onde o impossível não existe. Nosso time era limitado, mas a gente carregava no peito o símbolo de um time que o impossível não existe para ele. A gente tinha que mudar nosso patamar de alguma maneira, pois levávamos o nome do Paysandu”, prossegue.

O Paysandu de São José dos Campos também tem uma torcida fiel, que acompanha o time

Nascido na Paraíba, Weverson se mudou com a família para São José dos Campos ainda na infância. No interior de São Paulo, ele fez amizade com Mizael Caires de Jesus, Manoel de Melo Sousa, Claudinei Caires de Jesus, Aldacir Mendonça e Benilson Cardoso Pereira, todos integrantes da diretoria do Paysandu. Juntos, ao longo dos anos eles fortaleceram o time, que também tem uma torcida apaixonada.

CAMPEONATOS

Assim como o maior do Norte, o Paysandu de São José dos Campos também coleciona títulos. O tão sonhado acesso para a Liga Especial do interior de São Paulo foi conquistado em 2014. “A torcida parecia sentir que seria um ano diferente. Os rivais nos olhavam com outros olhos e olhavam nossa torcida que, mesmo quando estava com poucos integrantes, jogava junto com o time. Quando a equipe perdia, a torcida perdia junto, quando o time ganhava, a torcida ganhava junto também. Por isso que o time e a torcida se tornaram um só, a família Paysandu. Foi com essa união, na garra e na raça, que ganhamos a Taça Cidade e conseguimos subir de divisão”, detalha Weverson Vieira.

Desde que passou a fazer parte da Liga Especial, o Paysandu subiu de patamar. Hoje, a torcida do time é conhecida como Império Azul, enquanto a equipe é uma das mais fortes e temidas do futebol amador do interior paulista. “Muitas coisas mudaram, menos uma coisa: a vontade de ser conhecido pelo Paysandu profissional”, revela o diretor.

Atualmente, a equipe é uma das mais qualificadas do interior de São Paulo

CARAVANA BICOLOR

Na manhã do próximo domingo (11), a Diretoria do Paysandu do Pará vai sediar um evento na capital paulista, a Caravana Bicolor, para torcedores, adeptos do programa Sócio Bicolor e demais simpatizantes do clube. O presidente Sérgio Serra fez questão de convidar os representantes do Paysandu de São José dos Campos para o encontro. “Eles estão ansiosos para nos conhecer. São pessoas que admiram a história do nosso clube. E nós, é claro, nos sentimos honrados com isso”, ressalta o dirigente.

Prestes a realizar o sonho de finalmente ter um contato ao vivo com representantes do clube que motivou a criação do Paysandu de São José dos Campos, Weverson Vieira já está ansioso. “Ainda não acredito que vamos conhecer nossa maior inspiração”, encerra.

Além da Caravana Bicolor, os integrantes do Paysandu de São José dos Campos também vão acompanhar a partida entre Guarani-SP e Paysandu, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, na próxima terça-feira (13), no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

Texto: Assessoria de comunicação
Imagem: Divulgação
















  • Compartilhe
    o site do Papão

  • Siga no Twitter

    @Paysandu
PATROCINADORES

Alubar Unimed Belém Banpará Bet Warrior Vegan Nation Drogarias Globo Draft Super Zero Mirella - Farinha de Trigo Trigolino Sky