Paysandu Sport Club  Selo do centenário
Logotipo Sócio Bicolor - Seja você mais um sócio Bicolor!
  • 1mil
  • 2mil
  • 3mil
  • 4mil
  • 5mil
  • 6mil
  • 7mil
  • 8mil
  • 9mil
10mil
Sócios
Bicolores!
Adimplentes
Já somos Sócios Bicolores Adimplentes
HOMENOTÍCIAS Série B 2017 Papão tropeça diante do Brasil de (...)
11 de Novembro de 2017

Papão tropeça diante do Brasil de Pelotas-RS

Depois de ganhar do Náutico-PE fora de casa no início da semana, o Paysandu voltou a campo na noite deste sábado (11), para enfrentar o Brasil de Pelotas-RS, no Estádio da Curuzu, pela 35ª rodada da Série B 2017. Em um jogo de cinco gols, os visitantes venceram por 3 a 2.

Com uma atuação intensiva desde o começo da partida, o time bicolor procurou fazer valer o apoio da Fiel desde o primeiro minuto. Logo aos 13, Bergson recebeu pelo lado esquerdo, girou em cima da marcação, mas chutou para fora. Já aos 20, após um bate-rebate na área, a bola foi cruzada para o lado esquerdo, onde Guilherme Santos chutou forte, próximo da trave de Marcelo Pitol.

Por outro lado, o Brasil tentava sair rápido e explorar os contra-ataques. Desta forma, aos 22 minutos, o time gaúcho tentou uma triangulação que ocasiou em uma falta pela lateral, no lado esquerdo do campo. Na cobrança, Ednei colocou curva na bola, que surpreendeu a defesa bicolor e foi parar no fundo das redes.

O artilheiro Bergson chegou ao seu 25º gol nesta temporada

Atrás no placar, o Papão impôs mais ritmo e aumentou ainda mais a pressão em cima dos visitantes. Aos 34 minutos, Ayrton recebeu a bola na área e chutou forte, obrigando o goleiro a fazer uma bela defesa. Quatro minutos depois, Guilherme Santos cruzou na cabeça de Bergson, que obrigou o goleiro do Brasil a se esforçar para evitar o empate.

A pressão bicolor não parou. Aos 43 minutos, em mais uma cabeçada de Bergson, a bola passou muito perto do gol. Ate que no último lance do primeiro tempo, Guilherme Santos cruzou e Bergson finalmente deixou tudo igual, aos 46.

No segundo tempo, o Brasil de Pelotas trocou até de goleiro, mas a pressão do Papão não parou. Logo aos dois minutos, Ayrton fez jogada pela direita, invadiu a área e soltou um forte chute, obrigando o goleiro Carlos Eduardo a praticar sua primeira grande defesa.

Bicolores buscaram o empate até os últimos minutos do segundo tempo

Porém, o time gaúcho seguiu com a mesma estratégia de explorar os contra-ataques, e aos 13, Misael recebeu o lançamento na área bicolor e cruzou rasteiro para Cassiano fazer 2 a 1. Foi dos pés de Cassiano também que saiu o terceiro, aos 32. O Papão ainda correu atrás do prejuízo e descontou com Juninho, aos 45 minutos, mas a reação parou por aí.

‪Na próxima terça-feira (14), o Paysandu visita o Ceará, na Arena Castelão, em jogo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.‬

FICHA TÉCNICA

Paysandu 2x3 Brasil-RS

Data: 11/11/2017

Hora: 18h (de Belém)

Local: Estádio da Curuzu, em Belém (PA)

Renda: R$ 147.720,00

Público: 8.359 (pagantes); 1.841 (sócios bicolores); 1.480(credenciados); 9.839 (total)

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)

Assistentes: José Reinaldo Nascimento Júnior e Daniel Henrique da Silva Andrade (DF)

Cartões amarelos: Augusto Recife (P); Ednei, Lincom e Misael(B)

Paysandu: Emerson; Ayrton, Perema, Diego Ivo (Rafael Dumas) e Guilherme Santos; Renato Augusto, Augusto Recife, Rodrigo Andrade (Juninho) e Diogo Oliveira (Magno); Caion e Bergson. Técnico: Marquinhos Santos.

Brasil-RS: Marcelo Pitol (Carlos Eduardo); Ednei, Leandro Camilo, Teco e Breno; Leandro Leite, Itaqui (João Afonso) e Misael; Cassiano, Lincom e Calysson. Técnico: Clemer.

Texto: Jorge Luiz
Imagem: Fernando Torres












  • Compartilhe
    o site do Papão

  • Siga no Twitter

    @Paysandu
PATROCINADORES

Mirella - Farinha de Trigo Trigolino Governo Federal Caixa Econômica Federal Lobo