Paysandu Sport Club  Selo do centenário
Logotipo Sócio Bicolor - Seja você mais um sócio Bicolor!
  • 1mil
  • 2mil
  • 3mil
  • 4mil
  • 5mil
  • 6mil
  • 7mil
  • 8mil
  • 9mil
10mil
Sócios
Bicolores!
Adimplentes
Já somos Sócios Bicolores Adimplentes
HOMENOTÍCIAS Institucional Conselho Deliberativo aprova implementação (...)
03 de Dezembro de 2018

Conselho Deliberativo aprova implementação do projeto Paysandu, Alegria do Povo

Idealizado pela nova Presidência do clube, o projeto Paysandu, Alegria do Povo foi aprovado pelo Conselho Deliberativo bicolor, na noite desta segunda-feira (3), em votação realizada na Sede Social. Ainda em fase de cadastramento de torcedores de baixa renda, que vão assistir gratuitamente a jogos do time de futebol a partir do ano que vem, a novidade será implementada em janeiro de 2019. O próprio presidente eleito do Papão, Ricardo Gluck Paul, levou pessoalmente a proposta para a apreciação do Conselho Deliberativo.

Com ampla repercussão na mídia e bem recebido pela Nação Bicolor, o projeto também segue o que determina o Planejamento Estratégico do clube, que tem como meta manter uma relação estreita com a sua imensa e apayxonada torcida. "Eu estou muito feliz com a aceitação de um projeto tão bonito como esse, que valoriza pessoas e tem um papel de inclusão social. A ideia é resgatar a identidade do Paysandu de time do povo, levar o clube de volta às suas raízes, sempre próximo do torcedor. Apesar de não ter sido aprovado por unanimidade, já que apenas um conselheiro votou contra. Eu respeito a opinião de todos, mas a grande maioria reconhece e entende a necessidade de valorizarmos o nosso torcedor mais humilde", afirmou Ricardo Gluck Paul, idealizador do Paysandu, Alegria do Povo.

Alunos de Serviço Social da Unama fazem o registro dos interessados

Em seu discurso, o presidente eleito do clube explicou que a iniciativa de inclusão social vai permitir que, no mínimo, 200 e, no máximo, 500 bicolores tenham acesso de graça ao estádio em cada jogo do time de futebol profissional como mandante ao longo de toda a temporada 2019, de acordo com o apelo de cada confronto, com o local da disputa – Curuzu ou Mangueirão – e com a carga total de entradas por partida. Ao todo, mil torcedores serão cadastros, mas eles passarão por um sistema rotativo. Cada grupo vai ser selecionado de forma alternada para ver o Papão jogar.

Ainda durante a apresentação do projeto ao Conselho Deliberativo, Ricardo Gluck Paul mostrou que a iniciativa não abrirá brecha para a atuação de cambistas, uma vez que nenhum dos contemplados receberá ingresso, e tampouco causará prejuízos aos cofres do clube. Todos eles terão uma carteirinha personalizada individual e intransferível. Além disso, com a criação do projeto, a carga de bilhetes gratuitos disponibilizados para órgãos públicos será reduzida, já que alguns desses espaços passarão a ser ocupados pelos torcedores de baixa renda.

No primeiro dia de cadastramento, 70 torcedores se inscreveram, na Unama

A Diretoria de Responsabilidade Social do clube já definiu o segundo dia de cadastramento do projeto, realizado em parceria com a Universidade da Amazônia (Unama). No próximo sábado (8), das 8h às 12h, os bicolores que recebem abaixo de um salário mínimo poderão se inscrever, no Estádio da Curuzu, para assistir de graça a jogos do time de futebol do Papão a partir de janeiro do ano que vem. São necessários os seguintes documentos: RG, CPF, uma foto 3x4, comprovante de residência (para quem tiver) e comprovante de renda (para quem tiver). No primeiro dia, 70 torcedores foram cadastrados.

Texto: Jorge Luís Totti
Imagem: Jorge Luiz















  • Compartilhe
    o site do Papão

  • Siga no Twitter

    @Paysandu
PATROCINADORES

Alubar Armazém Paraíba Glacial Governo Federal Caixa Econômica Federal Drogarias Globo Husqvarna Mirella - Farinha de Trigo Trigolino Sky Moobi