Paysandu Sport Club  Selo do centenário
Logotipo Sócio Bicolor - Seja você mais um sócio Bicolor!
  • 1mil
  • 2mil
  • 3mil
  • 4mil
  • 5mil
  • 6mil
  • 7mil
  • 8mil
  • 9mil
10mil
Sócios
Bicolores!
Adimplentes
Já somos Sócios Bicolores Adimplentes
HOMENOTÍCIAS Institucional Conselho Deliberativo entrega títulos (...)
12 de Dezembro de 2018

Conselho Deliberativo entrega títulos honoríficos e medalhas de honra ao mérito

No evento que marcou o encerramento dos trabalhos da atual gestão do Conselho Deliberativo do Paysandu Sport Club, oito bicolores foram contemplados com títulos honoríficos de Benemerência e Grande Benemerência e medalhas de honra ao mérito do clube, na noite da última segunda-feira (10), na Sede Social do Papão.

Concedida aos atletas que tenham honrado e se destacado em defesa do clube, a medalha Campeão dos Campeões foi entregue a Jorge Seráfico, Roberto Estevam Lobato, conhecido como Pelé e Nelson Maués. A medalha Centenário Bronze, que é concedida para aqueles que tenham se destacado em razão dos relevantes serviços para o clube, foi dada a Alemar Rodrigues Junior e Leonardo Lopes Maia.

Ricardo Gluck Paul e Tony Couceiro guardaram a medalha do ídolo Guy Peixoto

Por ter prestado serviços de relevância singular e estratégica para o esporte paraense, Guy Peixoto foi contemplado com a medalha Centenário Prata. Já Felipe Fernandes, que possui prestação de serviços de relevância singular e estratégica para o clube, ganhou a medalha Centenário Ouro.

Roberto Estevam Lobato, o Pelé, ganhou a medalha Campeão dos Campeões

O momento mais aguardado do encontro foi a nomeação dos novos beneméritos e de um grande benemérito do clube. Além de ganhar a medalha Centenário Bronze, Alemar Rodrigues também ganhou o diploma de benemérito, que também foi dado a Raimundo Natalino. Por fim, Abraham Santiago Bendahan foi agraciado como o mais novo grande benemérito do Paysandu.

Nelson Maués recebeu seu diploma das mãos do conselheiro Romulo Raposo

Para o presidente do Conselho Deliberativo, Paulo Maciel, que tem mandato até o próximo dia 31 de dezembro, a missão foi cumprida com êxito ao longo dos últimos 24 meses de sua gestão. "Foi um período de muito trabalho, foram 32 reuniões até hoje, nós tivemos um período de grande aprendizado, de amadurecimento. Começamos a fazer valer o estatuto que nós aprovamos em 2016. Fazer com que a gente tenha a clareza de cumprir o estatuto. É um aprendizado que os quatro poderes precisam caminhar juntos, Conselho Fiscal, Assembleia Geral, Diretoria Executiva, que é a que está à frente na condução do clube no dia a dia, e o Conselho Deliberativo", pontou.

O presidente do Conselho, Paulo Maciel, entregou a medalha a Jorge Seráfico

O presidente também lembrou que o Conselho foi muito atuante ao longo da gestão. "Houve momentos de muita cobrança, de orçamento, planejamento estratégico, aprovação de contas, análise trimestral de resultados, as contas quadrimestrais, enfim, se a gente for parar aqui para ir numerar, a gente vai chegar a pelo menos umas 50 atividades ou mais. A gente tem que vivenciar os momentos difíceis, mas a gente tem que estar unido para que o clube possa avançar. Eu acho que nesse sentido de união que a gente tem que olhar para frente", declarou.

Leonardo Maia e Alemar Rodrigues também foram homenageados pelo clube

Atual diretor de Obras e Patrimônio do clube, Leonardo Maia se emocionou ao ser contemplado com a medalha Centenário Bronze. "Estou muito honrado com essa medalha. Graças a Deus quando a gente se propõe a fazer algo pelo Paysandu, a gente corre atrás, a gente fala com alguns colaboradores e no fim a gente consegue. Graças a Deus hoje eu posso dizer que nunca tive dificuldade para desenvolver nenhum projeto voltado para o Paysandu. Todas as pessoas envolvidas sempre nos ajudaram. Quero agradecer a todos", afirmou.

O ex-presidente Antônio Couceiro premiou Abraham Bendahan como novo grande benemérito

O presidente Tony Couceiro, que representou o ex-jogador de basquete e ídolo do clube, Guy Peixoto, recebeu das mãos do presidente eleito, Ricardo Gluck Paul, a medalha Centenário Prata. "É uma medalha super justa. Infelizmente ele não está aqui para receber, mas o Guy sempre está no nosso coração e qualquer homenagem que seja feita a ele nunca será suficiente pelo tempo que ele ajuda o Paysandu e por tudo que ele fez pelo esporte paraense", reconheceu o dirigente.

Felipe Fernandes recebeu sua homenagem ao lado filho, o conselheiro Caio Fernandes

Ao lado do filho, o conselheiro Caio Fernandes, o homenageado Felipe Fernandes também se emocionou ao receber a medalha Centenário Ouro. "Eu trouxe o meu filho, Caio, para receber comigo. É uma forma de agradecimento pelos 45 anos que vivo o Paysandu. Se não fosse a participação da minha família, eu jamais teria conseguido essa homenagem. Comecei garoto aqui, com 12 para 13 anos, jogando futebol de salão. A gente curtiu muito aquele momento. Fomos campeões aqui no Moura Carvalho, a trave ainda era de perna manca. Até hoje tenho várias cicatrizes na cabeça (risos). Quanto aos trabalhos que nós realizamos aqui, todos eles foram feitos de coração", contou, com os olhos cheios de lágrimas.

O presidente eleito, Ricardo Gluck Paul, deu o diploma ao novo benemérito, Raimundo Natalino

A partir do ano que vem, a nova mesa diretora do Conselho Deliberativo começará a atuar, juntamente com novos conselheiros que foram eleitos no último dia 28 de novembro. O presidente eleito do Conselho Deliberativo, Edson Ortiz, terá Romulo Raposo Silva como 1º vice-presidente, e João Bosco Lobo, como 2º vice-presidente, além de Antônio Athayde, 1º secretário, e Breno Veiga e Silva, 2º secretário.

Texto: Jorge Luís Totti
Imagem: Jorge Luís Totti















  • Compartilhe
    o site do Papão

  • Siga no Twitter

    @Paysandu
PATROCINADORES

Alubar Armazém Paraíba Glacial Banpará Drogarias Globo Husqvarna Mirella - Farinha de Trigo Trigolino Sky