Paysandu Sport Club 
Logotipo Sócio Bicolor - Seja você mais um sócio Bicolor!
  • 1mil
  • 2mil
  • 3mil
  • 4mil
  • 5mil
  • 6mil
  • 7mil
  • 8mil
  • 9mil
10mil
Sócios
Bicolores!
Adimplentes
Já somos Sócios Bicolores Adimplentes
HOMENOTÍCIAS Círio 2019 Presentes pela primeira vez no Círio, (...)
13 de Outubro de 2019

Presentes pela primeira vez no Círio, bicolores se emocionam com a procissão

O período de Círio é bastante especial para o povo paraense e como já é tradição, para comemorar a maior festa religiosa do mundo, o Paysandu Sport Club abriu as portas da Sede Social durante o final de semana para receber os seus torcedores e toda comunidade católica que quisesse acompanhar a passagem de Nossa Senhora de Nazaré na Trasladação, realizada no sábado (12) e na grande procissão, o Círio, ocorrida neste domingo (13).

Todas as mesas foram vendidas e estima-se que entre diretores, atletas, beneméritos, grandes beneméritos, sócios, torcedores e funcionários, cerca de mil pessoas estiveram na Sede Social durante os dois dias. Entre os jogadores, Bruno Oliveira, Caíque Oliveira, Nicolas e Victor Oliveira marcaram presença, assim como o técnico Hélio dos Anjos, todos tietados pela Fiel.

O lateral-direito Bruno Oliveira, que é paulista, deu detalhes do que sentiu e revelou que compartilhou o momento com a família. “Experiência única. Uma emoção muito grande de presenciar a fé do povo paraense. Só agradecer ao futebol, pois ele que me proporcionou a chance de estar aqui vendo de perto essa festa linda junto com Nossa Senhora de Nazaré. Estou muito feliz e mandei mensagem para a minha família toda, com fotos e vídeos, ficaram todos emocionados”, contou.

Já Caíque Oliveira, que é adepto de outra religião, mostrou que independente da crença, o Círio de Nazaré emociona. “Pra mim é muito diferente. Eu não sou católico, venho de uma família evangélica, mas é impossível de não se emocionar, pois se vê a fé do povo paraense, pessoas passando de joelho, chorando. Foi uma sensação incrível, um momento único na minha vida. Vai ficar marcado, é fora do comum, não sei nem explicar”, ressaltou.

O artilheiro Nicolas foi presenteado por um torcedor com um pedaço da corda que puxa Nossa Senhora de Nazaré. A corda é um dos símbolos da festa. “Estou muito feliz. Não fiz esforço nenhum para ganhar. Queria agradecer, pois a gente vê o empenho e a dedicação dos fieis para conseguirem um pedacinho de corda, então eu felizmente ganhei de um torcedor, deixo aqui o meu obrigado. Feliz de estar aqui curtindo”, declarou.

Paraense de nascimento, mas que desde cedo foi para outro estado, o zagueiro Victor Oliveira pode finalmente viver de perto o que é o Círio. Em uma demonstração de fé, o atleta participou de um pedaço da procissão na corda. “Um sentimento único. Como cristão, eu só tinha como ver antes pela televisão e por notícias, não tinha nem ideia do fervor que é viver isso de perto. Agora em Belém, jogando no Paysandu, tive a oportunidade. É uma coisa que eu não consigo explicar e nem tenho palavras para expressar a gratidão que eu tenho por tudo que vivi”, enfatizou o atleta.

O técnico Hélio dos Anjos, que é muito religioso e identificado com Nossa Senhora de Nazaré, recentemente fez uma homenagem para a padroeira dos paraenses. “Eu fiz uma tatuagem para fazer uma marca definitiva dessa adoração que tenho por ela, que começou em 95. É uma homenagem a um sentimento meu e toda religiosidade do povo paraense. É uma emoção indescritível”, falou.

CRUZ VERMELHA

Tradicionalmente, há muitos anos, a Sede Social do Papão é um ponto de apoio da Cruz Vermelha Brasileira, entidade que presta atendimento aos romeiros durante a procissão. Sobre isso, a enfermeira Bruna Oliveira, ressaltou a importância da localização da sede na estratégia de atendimento. “Visto que várias pessoas durante o percurso passam por aqui no Círio, onde já é o final, então muitas delas acabam precisando de algum tipo de atendimento. Hoje conseguimos encaminhar e remover vários pacientes com traumas e cargas elétricas, então a localização é de suma importância. Se não tivesse esse posto, talvez elas passassem para um quadro mais grave”, evidenciou.

Texto: Vitor Castelo
Imagem: Jorge Luiz














PARCEIROS
  • Amaral Costa - Fone: (91) 4005-5000
  • LM CLOUD
  • DIMAGEM
  • CAEEX - Rua João Balbi, 848 - Nazaré, Belém - PA, Fone: (91) 3355-4862
  • Connecta Networking
  • Desportiva Serviços de Fisioterapia - (91) 3228-2127
  • Hospital Porto Dias - (91) 3184-9999 - Belém - Pa
  • Compartilhe
    o site do Papão

  • Siga no Twitter

    @Paysandu
PATROCINADORES

Alubar Unimed Belém Banpará Bet Warrior Vegan Nation Drogarias Globo Draft Super Zero Mirella - Farinha de Trigo Trigolino Sky