Paysandu Sport Club 
HOMENOTÍCIAS Futebol 2020 Paysandu amplia parceria com Sistema Porto (...)
15 de Junho de 2020

Paysandu amplia parceria com Sistema Porto Dias, que viabiliza retorno imediato de treinos na Curuzu

Exatos 92 dias depois do último treino realizado na Curuzu, o Paysandu Sport Club retomará as atividades presenciais no estádio, na manhã da próxima sexta-feira (19). Para viabilizar esse retorno, a presidência bicolor ampliou a parceria junto ao Sistema Porto Dias, que vai atender atletas, integrantes da comissão técnica, da diretoria e funcionários do clube na véspera da representação da equipe no hospital. Todos que atuam direta ou indiretamente no futebol profissional serão submetidos a exames de Covid-19. Além disso, eles terão de cumprir diariamente uma série de normas e orientações detalhadas em um protocolo de prevenção contra o novo coronavírus, elaborado pela Diretoria de Saúde com a colaboração de 14 áreas ligadas ao elenco.

“Esse retorno dos treinos só é possível em razão da ampliação de uma parceria que já é antiga entre Paysandu e o Sistema Porto Dias. Nesse momento de crise que vivemos na saúde mundial, o clube estrategicamente reforçou os laços para viabilizar uma retomada com todos os cuidados necessários que a pandemia requer”, afirmou o presidente Ricardo Gluck Paul.

O presidente Ricardo Gluck Paul liderou a elaboração de um projeto para ampliar a parceria

De acordo com o diretor clínico do Hospital Porto Dias, no atual movimento de retomada de normalidade, onde a paixão pelo esporte vai ter papel fundamental na vida das pessoas, a empresa da área da saúde quer engrandecer essa parceria. “Através da marca do Sistema Porto Dias, vamos apoiar todas as necessidades de saúde dos atletas profissionais do Paysandu, promovendo uma abordagem preventiva e de promoção ao alto desempenho, estando altamente alinhados aos valores do nosso Sistema de Saúde”, declarou Diogo Porto Dias.

Diogo Porto Dias, diretor clínico do Hospital Porto Dias, enalteceu a extensão do laços entre as partes

Na etapa inicial, 25 pessoas farão os testes em horários alternados, para evitar aglomeração. Entre os jogadores, os primeiros serão o lateral-esquerdo Diego Matos, o volante PH, os meias Alex Maranhão, Serginho e Luiz Felipe e o atacante Nicolas, que serão avaliados e, de acordo com os resultados, posteriormente liberados para trabalhos físicos. Os demais atletas vão ser examinados no dia 25 de junho e, conforme os diagnósticos, na manhã seguinte também iniciarão os exercícios.

Os treinos presenciais na Curuzu foram suspensos na segunda quinzena de março

O presidente Ricardo Gluck Paul, o vice-presidente de Gestão Maurício Ettinger e o diretor de Futebol Felipe Albuquerque também farão exames no primeiro dia, assim como o supervisor de Futebol, Anderson Muniz; o coordenador de Futebol, Luciano Mendes; os gerentes da Curuzu e de Comunicação, Waldecir Alves Júnior e Jorge Luís Totti, respectivamente; os médicos Edilson Andrade e Marcelo Gaby; o fisioterapeuta Júnior Furtado; o nutricionista Alexandre Oliveira; o enfermeiro Alan Souza; o preparador físico Roberto Onety; o preparador de goleiros Silvano Austrália; o roupeiro Fredson Rogério; e os colaboradores de serviços gerais Marcelo Santos, Breno Almeida, João Silva, e Gilberto Paiva.

No dia 25, além dos jogadores que ainda não estão em Belém, serão submetidos a exames o gerente de Futebol Eder Delarice; o técnico Hélio dos Anjos; os auxiliares-técnicos Guilherme dos Anjos e Marcelo Rocha; o preparador físico André Ferreira; o preparador de goleiros Ronaldo Willis; os analistas de desempenho Henrique Bittencourt e Lucas Câmara; o fisioterapeuta Mário Carvalho; o odontólogo Fernando Augusto; o fisiologista Thiago Chinelato; o massagista Ivan Menezes; o roupeiro Cristóvão Mendes; os assessores de imprensa Jorge Luiz e Vitor Castelo e outros funcionários da Curuzu.

Quando os funcionários do Porto Dias começaram a ocupar o hotel do clube, o uso de máscara ainda não era obrigatório

“Os considerados aptos vão treinar em pequenos grupos, respeitando o distanciamento seguro. Com exceção dos atletas, todos os demais envolvidos vão usar Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como máscaras e luvas. Os funcionários estão sendo treinados para uma nova rotina, com uso de álcool em gel, hipoclorito de sódio nas superfícies, ambientes e objetos. Todos deverão evitar de compartilhar objetos pessoais. O treinamento vai evoluir de acordo com o cenário da pandemia e critérios técnicos, táticos e físicos dos atletas”, afirmou o médico Edilson Andrade.

Os exames de Covid-19 serão realizados no hospital do Sistema Porto Dias

O diretor de Futebol Felipe Albuquerque explica que o trabalho presencial será reiniciado com grupos divididos de seis a oito atletas, para manter o distanciamento social dentro do gramado. “Tudo isso já começou no dia 1º, com a primeira fase, que está sendo em home office. Depois vamos para uma fase teste, que começa na próxima quinta-feira (18), quando serão testados e estarão aptos para iniciar os trabalhos na sexta 25 profissionais. Aí sim, no próximo dia 25, vamos iniciar a fase dois, também em Belém, e com o cumprimento do distanciamento. O restante de toda a equipe fará o teste no hospital do Sistema Porto Dias. Em seguida, nós vamos para uma terceira fase, na qual a gente já deve conseguir aumentar um pouco mais esse grupo e continua trabalhando ao ar livre. Por fim, na quarta fase, esperamos estar treinando sem grandes restrições, já preparando o grupo em uma reta final para a retomada dos campeonatos”, projetou.

O Estádio da Curuzu foi sanitizado e higienizado para aumentar a proteção contra a Covid-19

Ainda de acordo com o dirigente, as mudanças de rotina foram definidas através de plataforma de videoconferência, após várias horas de reuniões. “O Departamento de Futebol conseguiu unir o conhecimento de todas as áreas. São 28 profissionais diretos em 15 setores diferentes. Todos eles participaram da construção desse protocolo. Mantivemos nossas reuniões periódicas com a comissão técnica e a diretoria. E a partir da divulgação desse protocolo, vamos iniciar a conscientização com os atletas de tudo que será feito no dia a dia. Desde coisas simples, como desinfecções de ambientes, utilização de álcool em gel sempre, redução de número de colaboradores presencialmente, até a realização dos destes e adaptação do clube para receber todos os atletas. Eles vão tomar conhecimento da maneira como devem se transportar, o que devem fazer quando chegarem à Curuzu, o que devem fazer ao final de cada treino, etc”, detalhou Felipe Albuquerque.

O Porto Dias Saúde é um dos parceiros mais antigos do Paysandu Sport Club

O presidente Ricardo Gluck Paul enalteceu o trabalho e o empenho de todos para a volta do time. “Já são 13 semanas de paralisação das atividades na Curuzu, mas é bom deixar claro que durante esse período, fora de campo, nós nunca paramos, assim como os atletas também não, já que continuaram treinando de casa. Nós nos adaptamos à pandemia para manter nossas reuniões periódicas por meio de videoconferências. Estudamos muito e nos debruçamos em busca de caminhos viáveis e seguros para toda a nossa equipe de trabalho. Ainda não sabemos quando as competições vão voltar, mas o Paysandu mais uma vez larga na frente, com muita cautela, responsabilidade, respaldo e, sobretudo, o apoio fundamental de um parceiro do nível do Sistema Porto Dias, que é fundamental em todo esse processo. Continuamos acompanhando os números da doença aqui no Pará e vamos manter todos os cuidados necessários para a nossa proteção”, ressaltou.

Na primeira semana, somente seis jogadores treinarão na Curuzu, em apenas um período, sempre pela manhã. A partir do dia 25, eles serão divididos em quatro grupos de seis a oito atletas. Eles vão trabalhar em horários alternados, no estádio bicolor, para manter o distanciamento durante as atividades no gramado de jogo.

Confira abaixo o protocolo detalhado de proteção contra o novo coronavírus elaborado pelo Paysandu Sport Club:

Texto: Jorge Luís Totti
Imagem: Jorge Luís Totti














  • Compartilhe
    o site do Papão

  • Siga no Twitter

    @Paysandu
PATROCINADORES

Alubar Unimed Belém Banpará Drogarias Globo Draft Super Zero Mirella - Farinha de Trigo Trigolino Sky